Resenha :: CONTEM SPOILER - De Volta Para Casa

Postado por | 3:01 PM Deixe seu Comentário


Um livro bastante previsível, sim irei começar a resenha assim mesmo. E como diz no titulo do post tem spoiler sim.
Vamos começar pela capa do livro, vemos claramente uma garota de frente a uma janela olhando para algo ou alguém, só que não parece a Cassie que vemos no livro, quando se sente "forçada" a voltar para casa, para ver sua família e principalmente seu pai, talvez seja a Cassie de 15 anos atrás, que decidiu fugir.
Agora vamos para a história. Sinceramente a Cassie é uma pessoa bastante egoísta, porque ela decidiu largar, toda sua família ir para uma cidade onde não conhecia nada, por causa de uma desilusão amorosa. "Esqueceu" sua família, e via seu pai uma vez no ano em outro estado, quando foi forçada a voltar para casa, percebeu o que havia perdido todos esses anos, só que foi tarde demais.
Opinião sobre o livro: O livro é bom, a história como é contada é mais ou menos, mas o drama e o egoísmo de Cassie me deixaram com ódio.

Ficha Técnica do Livro

De Volta Para Casa
Até onde é possível apagar as lembranças?
Karen White
Ano: 2013
Páginas: 448
Editora: Novo Conceito


Sinopse (Skoob)
Cassie Madison fugiu de Walton, Geórgia, para Nova York quando soube que sua irmã, Harriet, e seu amor, Joe, tinham-na traído e iam se casar. Ao chegar em Manhattan, sua ideia era se reinventar, mergulhar de cabeça na carreira e até mesmo perder o sotaque provinciano. Tudo para apagar seu passado marcado pela traição e por uma família que não lhe tratara com o devido cuidado.

Mas, numa noite, um único telefonema de sua irmã trouxe de volta tudo que ela pretendia esquecer. Com o pai muito doente, ela foi obrigada a fazer a viagem de volta e, enquanto arrumava as malas, seus maiores medos eram que o pai morresse sem que ela pudesse estar com ele e... encontrar a família feliz que Harriet e Joe tinham construído.
Já em Walton, Cassie percebe que enfrentará uma imensa batalha particular, porque, afinal, ela não consegue deixar de amar seus sobrinhos — e nem deixar de se sentir em casa, naquela cidadezinha de sua infância.
Enquanto se divide entre o rancor e a esperança, velhas e queridas lembranças e uma mágoa insustentável, o destino arrumaria uma forma de aproximá-la do que realmente importa: o verdadeiro amor. 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Palavra do Leitor:

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!