Resenha :: Misery

Postado por | 1:02 PM Deixe seu Comentário

 Claustrofóbico

Nessa obra King nós transforma em prisioneiros.
       Somos o próprio Paul Sheldon que está mantido preso por nada mais, nada menos que Annie Wilkes. Paul Sheldon é um escritor reconhecido por seu mais aclamado romance - Misery- que traz Misery Chastain, e quem é sua fã número um?
       O autor mostra o quanto podemos ficar apegados aos personagens literários, assim como Annie que criou um grande afeto pela mocinha Misery Chastain. Além disso ela obriga Paul a continuar a saga de Misery, mesmo que essa tenha sido finalizada.
Ao decorrer do livro, o leitor sente na pele toda a agonia, as dúvidas que se passam pela mente de Paul, como ele foi parar ali, quando ele vai parar de ser torturado, quando ele vai ser libertado?
       Diferente de outras obras de King está não envolve nada sobrenatural, e sim a capacidade que um corpo pode aguentar por ser controlado por uma mente doentia.
É um livro que te prende, literalmente, e você quer escapar assim como Paul. Além disse é um livro pela qual muitos julgam pela capa porém isso é um tremendo erro.

Ficha Técnica do Livro
Misery
Louca Obsessão
Stephen King
Ano: 2014
Páginas: 326

Editora: Suma de letras

Sinopse (Skoob)
       Paul Sheldon descobriu três coisas quase simultaneamente, uns dez dias após emergir da nuvem escura. A primeira foi que Annie Wilkes tinha bastante analgésico. A segunda, que ela era viciada em analgésicos. A terceira foi que Annie Wilkes era perigosamente louca. Paul Sheldon é um famoso escritor reconhecido pela série de best-sellers protagonizados por Misery Chastain. 
       No dia em que termina de escrever um novo manuscrito, decide sair para comemorar, apesar da forte nevasca. Após derrapar e sofrer um grave acidente de carro, Paul é resgatado pela enfermeira aposentada Annie Wilkes, que surge em seu caminho.
       A simpática senhora é também uma leitora voraz que se autointitula a fã número um do autor. No entanto, o desfecho do último livro com a personagem Misery desperta na enfermeira seu lado mais sádico e psicótico. 
       Profundamente abalada, Annie o isola em um quarto e inicia uma série de torturas e ameaças, que só chegará ao fim quando ele reescrever a narrativa com o final que ela considera apropriado. Ferido e debilitado, Paul Sheldon terá que usar toda a criatividade para salvar a própria vida e, talvez, escapar deste pesadelo.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Palavra do Leitor:

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!