Resenha :: Como Eu Era Antes de Você

Postado por | 7:12 AM Deixe seu Comentário


Apesar de ter lido esse livro o ano passado, e ter se tornado o melhor daquele ano, apesar de já ter relido ele esse ano, e de já ter assistido a sua adaptação logo no seu primeiro fim de semana de estreia, aqui estou eu finalmente falando dele. Desse livro que eu gostei tanto a primeira vez, e ainda mais a segunda, e a terceira vez (com o filme - confira a resenha

Gente, que livro lindo, triste, ta, vocês vão dizer. Sim, é, mas talvez acima de tudo lindo, mágico, intenso, verdadeiro. Que adjetivos usar? Sério, eu não sei, faltam palavras para demonstrar quanto um livro pode te proporcionar numa única história momentos de alegria, de tristeza, de raiva, de desespero, de medo, de tudo. Como Eu Era Antes de Você consegue exatamente isso de nós (ou de mim, pelo menos). Meu primeiro contato com a autora Jojo Moyes, uma vez que nunca havia lido nada da mesma antes, e adorei. Desde esse livro, quero agora ler todos da autora, porque sim rsrs. 

Vamos agora tentar falar um pouco então dessa linda história de amor, de drama, de companheirismo, de compaixão, de vida. A narrativa da história é bem fácil e fluida, apesar de ser uma história rica em detalhes e descrições, nada disso o torna pesado ou difícil, pelo contrário é um livro onde você consegue ler em um ou dois dias sem se cansar.

O livro começa já no seu prólogo contando o que aconteceu com Will Traynor, como todos sabem (não é spoiler) ele sofre um acidente, e temos aqui então um personagem que vira tetraplégico. Louisa Clark é uma personagem onde leva basicamente uma vida simples, sem grandes objetivos, mora com a família, e tem um namorado onde parece não gostar muito dela. Certo dia, Lou acaba perdendo seu emprego, e tendo que procurar por outro urgentemente. Consegue então como cuidadora de tetraplégico. E adivinha com quem ela vai trabalhar? Sim, sem grandes surpresas, com ele mesmo, Will Traynor (aquele falado logo no inicio). A partir daí a história começa de fato então a se desenvolver. Uma vez que toda a trama se baseia nesse relacionamento entre Lou e Will, e como a personagem aqui aprende a lidar com a dificuldade do outro. Uma das coisas que mais gostei no livro e acredito que quem leu também, é o modo como a autora aborda um tema tão difícil e polêmico, de modo leve, e como essa história de ficção, poderia ser muito bem uma história real. É algo que está e pode estar tão perto da gente e dentro de nossa realidade, que o torna tão mágico assim, uma realidade tão corriqueira quanto as vezes imaginamos, e mais ainda, valorizamos.

Esse livro foi uma grande lição e reflexão em diversos sentidos para mim, e acredito que para os leitores dele também, acredito que não cabe julgar o rumo que a história tomou, ou como ela se finalizou, pois não sabemos o que se passa na cabeça de ninguém, nem como é a vida das pessoas, de fato. O fato de a história não ter sido, nem ter tido um final clichê, não me incomodou nenhum um pouco, achei lindo tudo o que aconteceu no meio da trama, como os dois personagens, cresceram um com o outro, trouxeram a vontade de viver um ao outro, e como toda essa amizade e amor, que foi tão bom de acompanhar, teve um desenvolvimento tão singelo.

Por fim, já encerrando aqui minha resenha (primeira resenha, relevem por favor) quero apenas dizer que embora não tenha falado tanto da história em si, o que vocês podem tirar mais informações na sinopse, e até mesmo no inicio da leitura (por favor, um único pedido, leiam) espero que eu possa ter de alguma forma contribuído para que você que esteja lendo aqui neste momento o que eu escrevi, o que eu desde já agradeço, leia este livro que foi pra mim tão maravilhoso e especial. Acho que depois de tudo isso, nem preciso dizer se recomendo né? Mas se precisar, siiiim, eu recomendo muito. Muito obrigada a todos, e até a próxima, quem sabe. :)


Ficha Técnica do Livro

Ano: 2013
Páginas: 320
Editora: Intrínseca
Sinopse (Skoob)
Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Sua vidinha ainda inclui o trabalho como garçonete num café de sua pequena cidade - um emprego que não paga muito, mas ajuda com as despesas - e o namoro com Patrick, um triatleta que não parece muito interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor tem 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de ter sido atropelado por uma moto, o antes ativo e esportivo Will agora desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada adiante. Obstinado, ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento. Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário.
Uma comovente história sobre amor e família, Como eu era antes de você mostra, acima de tudo, a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Palavra do Leitor:

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!