Resenha :: O Cavaleiro dos Sete Reinos

Postado por | 12:29 AM Deixe seu Comentário

O Cavaleiro dos Sete Reinos (pode conter spoiler)

 

 "Nunca se esqueça de quem você é, porque é certo que o mundo não se lembrará.Faça disso sua força. Assim, não poderá ser nunca a sua fraqueza. Arme-se com esta lembrança, e ela nunca poderá ser usada para magoá-lo." - George R.R. Martin
Dunk desejava se tornar um cavaleiro desde cedo, mas não possuía recursos suficientes que lhe garantisse isso. Em baixada das pulgas, ele conhece um homem capaz de tornar isso possível. Sor Arlan de Centarbor e supostamente foi agraciado por este como cavaleiro antes que Sor Arlan falecesse. Essa foi a versão contada exibida pelo rapaz, já que ainda não conhecemos todo o desenrolar de sua história.

Dunk também deseja entrar em uma disputa, e de maneira inesperada conhece, em Dorne um menino com a cabeça raspada, chamado Egg, e esse passa a ser seu fiel escudeiro. Juntos eles vão tornar a história dos sete reinos cada vez mais interessante. Dunk nem sequer desconfia que Egg, tem um segredo muito importante guardado, algo que Egg não deve contar a ninguém porque isso pode colocar ambos em uma grande confusão. Egg pertence a casa dos Targaryen, e ele apesar de não saber lutar em uma justa, tem um bom conhecimento, que aos poucos ele vai demonstrando a Dunk. 

Ambos partem em direção ao torneio de Vaufreixo, onde Dunk deseja entrar em uma disputa, mas ele precisa convencer o intendente Plummer que ele foi cavaleiro de Sor Arlan de Centabour e logo poder se alistar em uma disputa. Mas tarde, em um determinado momento Dunk agredi Aerion Targaryen, e quando ele preso Egg, passa a visita-lo em sua cela, pedindo desculpas, e revelando o seu segredo para ele. Porém dá para se notar que Dunk se sente aliviado e culpado ao mesmo tempo, e em um segundo momento pretende deixar que isso venha a tona.

Dunk é forçado a dar o título de cavaleiro a Raymun Fossoway para ter combatentes suficientes ao seu lado. Quer dizer o rapaz estava sozinho, e ele havia se identificado para disputas como o Ducan, o alto. Agora quem irá acreditar nas palavras de Dunk? 

O que é mais engraçado é que Dunk tem a devida chance se de redimir porém ele não deseja fazer. Ele passa a cuidar de Egg, antes mesmo que eles pudessem tirar os pés de Vaufreixo, Egg leva consigo um anel de sua casa, que ele pudesse usa-lo em um outro momento mais oportuno. Egg, é uma criança  real que não quer ficar e ser tornar um cavaleiro, ou seja, cumprir com os deveres de sua casa, por isso ele pede para ir e acompanhar Dunk em sua jornada. Fazendo assim, a sua própria experiência fora dos muros de seu reino, e mostrando a sua família, que ele próprio  pode ainda não querer seu título de direito. 

Mas o que realmente uma criança como Egg, deseja? Uma aventura, é lógico! Ele ainda não deve ter noção do que um rei ou príncipe deve fazer em sacrifícios pelo seu reino. Ou por sua honra(...)

Devo escrever também sobre a minha edição lida. Li a primeira edição que saiu. E gostei muito como a história foi contada pois em certos momentos o leitor pode perceber a presença do personagem nos relatos, digo, você irá perceber que Dunk conta a sua própria história trazendo o leitor para dentro de Vaufreixo e Dorne sempre que possível. Outra coisa a ser destacada é que achei esse livro bem curto, em comparação aos demais que o George R. R. Martin escreve, eu realmente não acreditei que li o livro em poucas semanas.

Ficha Técnica do Livro

O Cavaleiro dos Sete Reinos
Histórias do Mundo de Gelo e Fogo #1

Ano: 2014
Páginas: 416
Editora: Leya Brasil 

Sinopse (Skoob) Duzentos anos após a Conquista, a dinastia Targaryen vive seu auge. Os Sete Reinos de Westeros atravessam um tempo de relativa paz, nos últimos anos do reinado do Bom Rei Daeron.
É neste cenário que Dunk, um menino pobre da Baixada das Pulgas , tem uma chance única: deixar a vida miserável em Porto Real para se tornar escudeiro de um cavaleiro andante. Quando adulto, o cavaleiro morre e Dunk decide tomar seu lugar e fazer fama no torneio de Campina de Vaufreixo. É quando conhece Egg, um menino de dez anos, cabeça totalmente raspada, que é muito mais do que aparenta ser. Dunk aceita Egg como seu escudeiro e, juntos, viajam por Westeros em busca de trabalho e aventuras. Uma grande amizade nasce entre eles – uma amizade pela vida toda, mesmo quando, anos mais tarde, os dois personagens assumem papéis centrais na estrutura de poder dos Sete Reinos.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Palavra do Leitor:

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!