Resenha :: A espada do Verão

Postado por | 8:30 AM 2Comentários

Magnus Chase e os Deuses de Asgard





 
          Espada do Verão é o primeiro livro da trilogia Magnus Chase e os Deuses de Asgard, e o primeiro livro de Rick Riordan enveredando para a mitologia nórdica depois de já ter trabalho com a grega, romana e egípcia.  
          Nessa história temos um semideus nórdico que vive nas ruas de Boston depois da morte de sua mãe de forma misteriosa, quando ele completa certa idade ele começa a ser perseguido por monstros que tentam matar ele, que descobre que é filho de um deus nórdico e tal (Para quem já leu os livros com essa pegada do tio Rick, sabe que isso iria acontecer uma hora ou outra),mas dessa vez a missão profetizada  é impedir que o Ragnorök aconteça (que para quem não sabe é o juízo final, segundo a mitologia nórdica, onde acontecera a batalha entre os deuses – Clube do Farol também é cultura Nórdica ).  

          Eu confesso que não soube muito o que achar, eu realmente sou super fã de Rick Riordan, então já li quase todos os livros dele, e sim se você já leu os outros, você percebe uma certa formula na escrita dele, não que eu ache isso de todo ruim, eu gosto da forma como ele escreve, o humor que ele usa, e isso não falta em Magnus Chase, ele é engraçado, sarcástico e me agradou. Mas não foi uma leitura que me prendeu, demorei mais para ler esse do que os outros livros dele, de fato em um momento achei que essa linha mitológica já tinha me cansado, até ler As Provações de Apolo (que já resenhei aqui no blog), que amei.

          A questão é, talvez eu não vá muito com a cara da mitologia nórdica, o que não é completamente verdade pois leio muita coisa baseada nela, então essa mistura de personagens diversificados como anões, elfos, Valquírias e deuses nórdicos não me agradou 100% nessa linha de Rick Riordan. Não foi uma leitura ruim, pretendo continuar lendo as continuações, mas apesar de ser engraçado e divertido, e ter aquela mistura legal de mitologia com a atualidade que o autor faz como ninguém, posso ta sendo bem Loki agora, mas Magnus Chase e Os Deuses de Asgard foi o que eu menos gostei de todos os livros mitológico dele, Odin que me perdoe, mas essa é a realidade.

          Mas para aqueles que gostam da mitologia nórdica esse livro vai ser bem legal e vai te deixar curioso para saber mais sobre ela. (Eu por exemplo acabei lendo o livro As Melhores Histórias da Mitologia Nórdica –A. S. Franchini) para saber mais. Também é muito bom para quem tem curiosidade começar a leitura de algo de Rick Riordan, mas não é fã de mitologia Grega (eu amo), algumas pessoas que começaram por esse realmente gostaram bastante. Boa leitura.

Ficha Técnica do Livro

Nota: 

A Espada do Verão
Magnus Chase e os Deuses de Asgard # 1
Rick Riordan
Ano: 2015
Páginas: 448
Editora: Intrínseca

Sinopse(Skoob) 
Às vezes é necessário morrer para começar uma nova vida...
A vida de Magnus Chase nunca foi fácil. Desde a morte da mãe em um acidente misterioso, ele tem vivido nas ruas de Boston, lutando para sobreviver e ficar fora das vistas de policiais e assistentes sociais. Até que um dia ele reencontra tio Randolph - um homem que ele mal conhece e de quem a mãe o mandara manter distância. Randolph é perigoso, mas revela um segredo improvável: Magnus é filho de um deus nórdico.
As lendas vikings são reais. Os deuses de Asgard estão se preparando para a guerra. Trolls, gigantes e outros monstros horripilantes estão se unindo para o Ragnarök, o Juízo Final. Para impedir o fim do mundo Magnus deve ir em uma importante jornada até encontrar uma poderosa arma perdida há mais de mil anos. A espada do verão é o primeiro livro de Magnus Chase e os deuses de Asgard, a nova trilogia de Rick Riordan, agora sobre mitologia nórdica.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

  1. Também não gostei tanto desse livro do Tio Rick :/ é muito bom, mas não é Percy, rs. E por Odin não sou muito fã de mitologia nórdica, então isso não ajudou em nada.
    Mas acho melhor do que a saga de mitologia egípcia, porque aquela guria me irrita, rs.
    Ótima resenha, Milly. Leia e resenhe o segundo dessa trilogia também, por favor, quero sua opinião antes de ler, rs. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A guria de do mitologia egípcia irrita mesmo!kk Pois é, eu pensei que era só implicância com a nórdica no começo, mas já li outros com uma pegada nessa mitologia :( Mas quem bom que gostou da resenha! Vou ler só não garanto o quando rsrs

      Excluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!