Resenha :: A Última Carta de Amor

Postado por | 10:43 AM 8Comentários


Oiie amigos, tudo bem? Hoje venho falar um pouco do livro "A Última Carta de Amor" de Jojo Moyes.
Esse foi meu primeiro livro lido da autora esse ano, e também é um dos meus livros para a meta de 2017, primeiro já cumprido.
Bom, primeiramente gostaria de dizer que é um pouco difícil falar sobre esse livro, mas tentarei falar de modo o mais explicado possível para que você consiga entender e então se sinta motivado a dar uma chance.

Antes de tudo, o livro é dividido em três partes, e conta a história de duas protagonistas distintas, mas que por um acaso do destino, acabam se cruzando em determinada parte da história, e ainda, o livro também conta com passagens no tempo, então ora estamos nos dias atuais, ora estamos em 1960, e como se já não bastasse, somos apresentados a uma narração em terceira pessoa, pois é rsrs Acho que como podem ver, ele já se demonstra ser um pouquinho mais complexo em relação aos mesmos do gênero, e isso é verdade, a sinopse por si só, já me trouxe uma certa dúvida do que poderia vir, e de uma certa confusão na história, e depois de lido, ou melhor, assim que comecei a ler, vi que não era um pensamento nada equivocado, ele tem um certo ar confuso sim no começo, mas nada impede de continuarmos e somente com o decorrer do tempo, entrarmos de fato nele, a medida que vamos avançando, vemos que a história pode sim se engatar.

O livro começa contando a história de Ellie Haworth, uma das nossas protagonistas. Ellie, trabalha como jornalista na sede importante de um jornal, e é quem vive nos dias atuais. Nada está fácil para ela, quando de repente, recebe uma tarefa de escrever um artigo falando sobre as mudanças do comportamento feminino desde o ano de 1960 até os dias de hoje. Em meio a uma pesquisa em um de seus arquivos, Ellie acaba encontrando uma carta de amor destinada a uma mulher, escrita por um homem, onde assina somente por "B". Intrigada com a carta que achou, procura meios de investigar mais a vida do suposto casal apaixonado e qual fim tiveram, uma vez que a carta endereçada, trata se do ano de 1960.

Em outro ponto da história, a partir do primeiro capítulo, conhecemos Jennifer Stirling, e um pouco de sua história. Vamos lá atrás no ano de 1960, onde vive a personagem. Jennifer é casada, e uma mulher bem sucedida, onde após um acidente de carro, não se lembra de quase nada a respeito de sua vida antes, nem mesmo das pessoas, percebe com o tempo que não vive um casamento tão feliz, e as vezes se pergunta o porque está num relacionamento assim. Sem se lembrar muito de nada, aos poucos certas cartas trocadas por ela e um outro homem, começam a aparecer, dentro de sua casa. Porém, com o problema de memória causado pelo acidente, ela pouco se lembra a respeito, vai se lembrando bem lentamente de que trocava cartas e que tinha um amante, só que não se lembra quem ele é.. Isso é um dos pontos do livro, boa parte dele acompanhamos Jennifer a encontrar seu amor.

Outro ponto que vale a pena destacar, são trechos de cartas de amor, antes de iniciar um capítulo, cartas antigas e atuais são intercaladas em seus capítulos, e posso dizer que foi algo que me agradou, com cartas escritas e destinadas ora pelos personagens, e ora, por pessoas anônimas, achei de um toque muito romântico por parte da autora. Uma outra observação que também é importante falar, é sobre o tema, dessa vez, Jojo decide por um tema um tanto quanto polêmico, pois a quase todo momento vemos casais se enganando e tals, e  resumindo, é um livro que tem como foco principal a questão do adultério, mas não é só isso, o livro trata também das consequências disso, e até onde vale a pena ir em nome do amor, é claro que, assim como muitos, também não é muito uma temática que eu prefiro ler, sou contra coisas assim, e com isso, não posso negar que tive um pouco de dificuldade de aceitar a vida dos personagens, e algumas de suas atitudes, entretanto, com o tempo, comecei a me apegar, e até a me ver torcendo por eles.

Falando de um modo geral, gostei muito sim do livro, achei uma trama muito bem elaborada, onde Jojo Moyes em nenhum momento se perdeu. Devo dizer que não é o melhor livro que já li dela, porém super recomendo para aqueles que procuram um romance com mais complexidade, mas ao mesmo tempo doce. A Última Carta de Amor é aquele tipo de livro, que foi me conquistando bem aos pouquinhos, mas que fui me vendo cada vez mais apaixonada ao fim de sua leitura. Apesar de ser um livro com seus altos e baixos, e cheio de idas e vindas, eu com certeza recomendo esse aqui aos românticos de plantão. Então amigos, por hoje é isso, espero que gostem, e até mais.

Informações Técnicas do livro

A Última Carta de Amor
Jojo Moyes
Ano: 2016
Páginas: 384
Idioma: português
Nota:⭐️⭐️⭐️⭐️

Sinopse
O primeiro livro de Jojo Moyes publicado pela Intrínseca, relançado com nova capa. Londres, 1960. Ao acordar em um hospital após um acidente de carro, Jennifer Stirling não consegue se lembrar de nada. De volta a casa com o marido, ela tenta, em vão, recuperar a memória de sua antiga vida. Por mais que todos à sua volta pareçam atenciosos e amáveis, Jennifer sente que alguma coisa está faltando. É então que ela descobre uma série de cartas de amor escondidas, endereçadas a ela e assinadas apenas por "B", e percebe que não só estava vivendo um romance fora do casamento, como também parecia disposta a arriscar tudo para ficar com seu amante.
Quatro décadas depois, a jornalista Ellie Haworth encontra uma dessas cartas endereçadas a Jennifer durante uma pesquisa nos arquivos do jornal em que trabalha. Obcecada pela ideia de reunir os protagonistas desse amor proibido em parte por estar ela mesma envolvida com um homem casado, Ellie começa a procurar por "B", e nem desconfia que, ao fazer isso, talvez encontre uma solução para os problemas do próprio relacionamento.
Com personagens realisticamente complexos e uma trama bem-elaborada, A Última Carta de Amor entrelaça as histórias de paixão, adultério e perda de Ellie e Jennifer. Um livro comovente e irremediavelmente romântico. 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

8 comentários:

  1. Olá!!
    Adorei seu post!
    Vim por recomendação do grupo TDS.
    http://floraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda ao Clube do Farol!
      Estou retribuindo o follow!!
      Obrigado por fazer parte do clube!

      Excluir
  2. Olá!
    Faz tempo que quero ler esse livro, ainda quando era com outra capa. Eu adorei essa nova versão, ficou bem estilo com todos os livros da Jojo Moyes.
    Enfim, adorei sua resenha, ficou incrível!

    Vim por recomendação do grupo TDS.
    Beijo,beijos
    relicariodehistoriasma.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda Aline, ao Clube do Farol!
      Parabéns!! Seu blog é lindo!!
      Estou retribuindo o follow!! A Ju sempre arrasa nas resenhas *_*
      Obrigado por fazer parte do clube!

      Excluir
  3. Amei seu post
    Vim por recomendação do grupo TDS.
    recuperandootempo.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda ao Clube do Farol! Estou retribuindo o follow!! Obrigado por fazer parte do clube!

      Excluir
  4. Resenha muito boa, já li esse livro de Jojo mas na capa anterior, adorei!
    Blog ta lindo!!! Te seguindo. Tbm tô no grupo do TDS =)
    Beijos
    http://entrepaginasepalpites.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda ao Clube do Farol! Estou retribuindo o follow!! Obrigado por fazer parte do clube!

      Excluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!