Criarumemail.com/

Acervo




“Não preciso de ninguém para me lembrar que estamos mergulhados em água escura até o pescoço. Só peço a vocês que se lembrem de que os malditos tubarões somos nós.”


Estou num momento muito bom de leitura de livros de autores nacionais, e peguei para ler o lançamento da Tammy Luciano pela editora Valentina, Sonhei que amava você, como indicação da minha irmã que ama todos os livros publicados por esta editora. Bom, fiquei feliz com a indicação, pois para mim que curte romance, foi uma história bem legal para quebrar um pouco da minha ressaca literária com romances de época.


Robert foi a última das crianças a acordar, ele vivia com a família em um orfanato que estava aos cuidados de seus pais, tinha 11 anos e era muito levado. Seus outros três irmãos e duas irmãs eram um pouco menos, mas ele era o explorador, o que se aventurava, saía cedo limpo e voltava já à noite completamente sujo.


No dia 31 de Outubro é comemorado o Dia das Bruxas, também conhecido como Halloween! Nos Estados Unidos e no Reino Unido a data é muito aguardada... As crianças se fantasiam e saem pedindo doces de porta em porta, as casas recebem decorações temáticas, assim como os bares e pubs das cidades, alguns estabelecimentos fazem programações especiais, existem diversas festas para balançar o esqueleto, entre outras atrações.


Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988 quando ainda eram universitários. Ambos sabem que após a formatura deverão seguir caminhos completamente diferentes, mas eles precisaram de apenas um dia juntos para descobrir que não podem viver distantes um do outro. Mesmo com tamanho sentimento eles tomam caminhos diferentes e vidas isoladas. Porém o dia 15 de julho nunca saiu de suas cabeças e bastam breves encontros para eles perceberam que pertencem um ao outro.


Preciso comentar que depois da Trilogia da Magia e dos Primos O'Dwyer eu pensei que seria mais um livro da mesma temática. Esses primeiros capítulos foram meio arrastados para ler... porém a Nora nunca decepciona e essa não foi a primeira vez.


Apesar de já ter lido muitos livros de fantasia Mistborn trouxe algo diferente, coisas que não esperava, quando pensei que estava indo por um caminho bom, mas um pouco parecido com outras leituras do gênero... Ele te despedaça, ao mesmo tempo em que você não quer acreditar, para e pensa “isso foi cruel da parte do autor, vou parar de ler”, rsrs, você continua a ler e vê que foi genial, que estava fazendo sentido, você que não percebeu o plano diabólico que o  @#$#@$%$#¨$ do  autor estava armando, rsrs. Desculpa, ainda estou tentando superar.


NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS E PESSOAS COM PROBLEMAS PSICOLÓGICOS OU QUE TENHA MUITO MEDO DE DEMÔNIO!


“Mas às vezes precisamos ter coragem. Às vezes, precisamos mostrar às pessoas o que é importante na vida.”