Resenha :: Manhã de Sol Florida, Cheia de Coisas Maravilhosas

Postado por | 9:44 AM 17Comentários

Esse livro foi um dos desafios da minha TBR (Livros para ler) na Maratona literária de Inverno. Ela atendia a dois dos desafios, o primeiro - pontuação no título Manhã de Sol Florida. Cheia de Coisas Maravilhosas. E o segundo - história que se passa em momento histórico marcante. Essa história acontece nos anos 70, em plena ditadura militar.


Confesso não ter me apaixonado pela sinopse, mas assim que comecei a ler tive certeza que não iria abandonar a leitura, que rendeu boas surpresas. Logo no começo o livro mostra uma história nada clichê e com muito conteúdo. 

Outra coisa surpreendente foi a quantidade de conteúdo em poucas palavras e a desenvoltura do autor em fazer o leitor interpretar a história de maneira quase inconsciente, ir preenchendo as lacunas entre as linhas da história sem deixar que com isso o livro tivesse uma queda no rendimento da história e da leitura.

Ao indicar esse livro já diria que só de pensar em toda cultura histórica do livro e alguns fatos de época já valeria a leitura desse livro. Que começa apresentando alguns personagens e uma rotina até então comum num dia-a-dia de um operário morador de áreas periféricas, várias pequenas curiosidades de Montevidéu e dos gostos dos moradores do local. Também nos apresenta o protagonista Miguel e como a vida pode seguir numa rotina sem cores e até sem vida, preso a rotina e aos horários da vida cotidiana.

"Miguel Martinez era um cinzento montevideano, que gostava de vinho, bife à milanesa, doce de leite, café puro e tubaína que aprendeu a tomar no Brasil."

Eu sinceramente comecei a notar pequenas peculiaridades no personagem principal e a cada novo capítulo o tom da história entra num crescente ascendente, mais conteúdos e detalhes são acrescentados de forma tranquila deixando a leitura muito prazerosa; as voltas que a vida dá, que levam Miguel ao RJ, são muito bem escritas e verossímeis, em especial pelas notas de rodapé. Um tom pessoal que explica a paixão pelo RJ e encerra um ciclo. Após uma passagem interessante de tempo que diz mais que muitas páginas escritas. 

Esse salto no tempo para mim foi meio chocante porém antes do choque passar veio o entendimento e o aplauso a esse que foi um recurso muito bem empregado. Porque? Simplesmente o autor poderia ter escrito diversas páginas de “nada” apenas para narrar a vinda de Miguel ao Brasil, sem narrar nada especialmente relevante a história. Porém ele deixa apenas os fatos realmente importantes ou detalhes que deveriam ser insignificantes, mas dizem muito.

Aninha, ou Ana Clara surge na história de uma maneira tranquila, assim como os outros personagens que aos poucos ganham destaque. O modo como o autor conta um pouco a cada momento de um personagem em destaque faz com que o conhecimento venha de forma tranquila, porém extremamente marcante a ponto de te deixar cada vez mais próximo do personagem e da história. No entanto a sensação é de um personagem fictício caminhando no mundo real e algumas vezes, de tão bem escritos, o real e o imaginário se fundiam e confundiam deixando a leitura muito agradável e com aquela dúvida de onde termina o real e começa o imaginário instigando ainda mais a leitura.

“A convivência com a jornalista fez dele um homem mais humano, sensível e curioso pela vida. Graças a ela, começou a manifestar um real interesse pelos meandros das comunidades cariocas”

E a crescente da história só aumenta com a entrada de Ana Clara Pernambuco na história, o romance dos personagens seguem um tom crescente de uma forma muito real e também como o amor é. Trazendo aquele sorriso bobo, cores no mundo que pareciam não estar lá antes e aquela sensação ruim que me deixou angustiada achando que toda essa felicidade não vá durar. Porque além das lentes rosas do amor existe a realidade. A realidade dos morros cariocas, fatos históricos como o surgimento do Comando Vermelho, o terror do submundo do governo militar, da tortura e das cores em preto e branco, da traição e da tortura.

Ana Clara é fundamental para a história, porém o pouco romance na história deixa o livro ainda mais interessante. E o final... eu terminei o livro com o coração na mão e no fim aquele suspiro de quem diz... WAW, o final me conquistou, porque me preparou para algo e me surpreendeu com um final ainda melhor. Estou realmente encantada com todas as surpresas que esse livro me trouxe. Não é uma história de amor fofa, mas é uma história de amor que facilmente seria verdade no mundo que vivemos.

Sobre o livro
Notei logo nos primeiros capítulos, que esses sendo curtos facilitam a leitura e algumas palavras correntes da época dão charme ao texto.
Outra coisa digna de nota são as frases escritas na língua do protagonista e traduzidas no rodapé, achei um charme fantástico a história. Sem falar em papel amarelo de uma qualidade incrível, letras num tamanho ótimo para leitura. E passagens sobre Tim Maia e sua carreira.
Nota :: 

Informações Técnicas do Livro

Manhã de Sol Florida, Cheia de Coisas Maravilhosas
Alécio Faria 
Ano: 2017
Páginas: 154
Editora: Selo Jovem

Sinopse (Skoob): Montevidéu, outono de 1977.
O uruguaio Miguel Martinez consegue realizar, ainda que tardiamente, o sonho de menino – o de conhecer o Rio de Janeiro. Contudo, não poderia imaginar o quão sem graça seria viver na cidade maravilhosa, até encontrar Ana Clara Pernambuco - repórter do Diário de Notícias e responsável pela ONG Babilônia Azul, numa das maiores favelas cariocas.

Morando num país periférico, belo e exótico, porém esquecido e marginalizado pela ditadura militar dos anos 70, Ana Clara o envolverá numa arriscada investigação sobre a indústria de bebidas.

Links para compra:
Amazon : http://amzn.to/2njoE2U 

Ed. Selo Jovem : http://bit.ly/2nji0th
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

17 comentários:

  1. Que lindo! Eu jamais diria que um livro que se passa na ditadura arrancaria suspiros! Fiquei super curiosa. Sou uma romântica nata! hahaha

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O amor sempre brilha mais que a escuridão ♥
      Não perca a chance de ler essa história!

      Excluir
  2. olá !! Que bom que se enganou com a sinopse e curtiu a leitura, confesso que gosto de livros que se passam na ditadura e esse é um que já vai para minha lista militar. Achei super interessante as passagens sobre Tim Maia e essa mistura estrangeira. Foi uma ótima dica de livro. bjus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, eu espero que vc leia sim e curta tanto quanto eu!! Essa editora tem me dado motivos pra ler nacionais cada vez mais ♥

      Excluir
  3. Oiie
    Eu gosto de livros que se passem em períodos históricos importantes. Fiquei com gostinho de preciso, porque também não podia esperar que fosse um misto com romance. Acho que amaria ler esse livro.
    Beijos.


    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  4. Oiee! Tudo bem??
    Amei a capa dessa belezura! Sua resenha está maravilhosa! Livros que retratam vários períodos históricos marcam bastante o leitor e os faz conhecer mais cada época! Amei cada parte do seu Blog! Tudo tão colorido e bonito!
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  5. Adoro livros que além de divertir deixam um
    Conhecimento de uma época. Todos deveriam conhecer o que se passou no seu país, para que o que foi ruim nao volte jamais. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?

    Não conhecia o livro e nem autor, então achei muito bacana este post... poder ter uma noção da escrita e proposta do livro. A capa está linda, chamativa, o livro é curtinho e parece ser uma boa dica de leitura.

    ResponderExcluir
  7. Nunca li livros que se passam em períodos históricos e esse parece interessante. Você citou que o autor coloca apenas coisas importantes no livro, e isso é uma coisa que agrada muito, não gosto quando enrola demais hehe Beijos
    http://amorliterarioblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Adorei sua resenha, mas não parece o tipo delivro que me prenderia.Talvez eu começasse bem a leitura, mas acho que abandonaria.

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Primeiramente, que capa linda! Eu não sou de comprar pela capa, mas por nunca ter ouvido falar sobre esse livro, adquiriria a obra só pelo aspecto estético. Por abordar a ditadura militar também ganhou pontos comigo. Sua resenha também foi maravilhosa e persuasiva! Adorei o post!!

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir
  10. Oi!!!
    Parece muito interessante! Gosto muito de conteúdos históricos que sempre temos algo a aprender. A capa do livro está linda! Parabéns pela resenha. Beijos
    Luciana

    ResponderExcluir
  11. Oii, adorei a proposta do livro. Ainda mais por passar-se em um período histórico do nosso país como a ditadura, e nesse periodo tenso ainda ser cenário para um lindo romance. Gosto muito quando os autores, mesclam personalidades brasileiras no enredo como foi citado o Tim Maia, acho que enriquece bastante. Amo quando as sinopses me surpreendem. Ainda não conhecia a leitura,e adorei a dica <3
    Beeijos a resenha estava maravilhosa!

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia a obra e nem o autor, mas achei sua resenha maravilhosa. Bem detalhada e escrita. Parabéns! Não é meu gênero preferido, mas, as vezes, temos que sair da nossa zona de conforto, não é mesmo!? Dica anotada.

    ResponderExcluir
  13. A capa e a história são bem simples e de fácil entendimento pelo que vi, e a escrita, de acordo com os quotes aqui colocado nos mostram bem isso ... Parabéns pelo post. (amo sua escrita, dá até prazer em ler <3 )

    ResponderExcluir
  14. Olá! Tudo bom? :)
    Nunca li nada que se passa na ditadura, então fiquei curiosa. Tem uma premissa interessante e por se passar no Brasil e ter romance, já me atrai. Gostei bastante da capa também. Sua resenha ficou ótima, acho que seria o tipo de livro que eu adoraria!
    Beijos,
    Yasmim.

    Blog: http://literarte.blog.br/

    ResponderExcluir
  15. A premissa parece ser interessante hein, e por se tratar de uma história que se passa nos anos 70 em plena ditadura militar me deixou já curiosa. A história é bem legal, adorei sua resenha !!
    Super beijo!!

    www.lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!