Resenha :: A Sereia

Postado por | 6:58 PM Deixe seu Comentário
        
Comecei a ler esse livro com péssimas expectativas rs não resistir, apesar de ser fantasia que é o gênero que mais me atrai, sabia que o grande foco seria o romance, o que não é exatamente minha preferência de leitura, apesar de ler alguns. Mas A Sereia foi no final de contas uma boa leitura.

        Se passa oitenta anos depois de Kahlen ter sido salva pela Água, que na história é uma entidade viva, que conversar com as sereias e exige de vez em quando que elas cantem para atrair vitimas para se afogaram.
        Dos 100 anos que ela tem que pagar para a Água, só falta 20 para que tenha uma vida normal, o que parece pouco no começo se torna muito tempo quando ela conhece Akinli, e mesmo sem poder falar, pois sua voz é encantada, eles se apaixonam, mas além de sofrer com a impossibilidade desse romance enquanto for Sereia, Kahlen ainda sofre com o amor possessivo da Água que a considera sua favorita.

        Além de Kahlen gostei muito das suas irmãs sereias, cada uma com sua personalidade própria, e bem diferentes entre si, mas sempre apoiando e ajudando uma a outra, Akinli com certeza é o melhor personagem desse pequeno núcleo, achei que ele que dá graça a história, apesar de ter gostado de todos. Me agrada o ritmo da comunicação dos dois, mesmo sem a comunicação verbal dela, achei que eles tem uma boa sintonia, não foi daqueles romances forçados, apesar de terem se apaixonado bem rápido.
“Meus pais estão lá, torcendo para eu voltar logo para casa. Sou filho único, e eles se sentem sozinho quando não estou lá. Minha mãe me liga, tipo, todos os dias. Eu já disse para ela arranjar um cachorro, mas ela respondeu que eu sou melhor do que um cachorro, o que é bom, acho. Estou falando demais?
(...) Balancei a cabeça. Não, pensei. Eu ouviria você falar de quase tudo. Você faz um telefonema com a sua mãe parecer uma aventura.”
        O que não me fez gostar mais ainda do livro foi o sentimento que poderia ter se desenvolvido melhor, depois que comecei a ler e gostar eu esperava que mais para o final tivesse um grande momento, alguma coisa ficou faltando para mim, apesar de ser uma leitura fácil e que chega te prender, você fica com a expectativa com o que vai acontecer, mas no final os acontecimentos são fracos e você termina a leitura achando que sim, foi um livro bom, mas em certo ponto um pouco fraco, ainda mais se for comparar com outros livros de Kiera. Mas uma coisa, eu já desconfiava do gosto da autora desde que ela escreveu a saga A Seleção, mas em A Sereia eu tive certeza que ela tem uma queda e tanto por vestidos exuberantes rs Bom é isso... Leiam! Até mais.     

                                                         Nota: 

Ficha Técnica do Livro

A Sereia
Ano: 2016
Páginas: 328
Tradutor: Cristian Clemente
Editora: Seguinte

Sinopse (Skoob)        Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas para se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou.

         Apesar de não poderem conversar — pois a voz da sereia é fatal —, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Palavra do Leitor:

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!