Resenha :: Os Filhos de Anansi

Postado por | 9:31 AM 22Comentários

“Histórias são teias conectadas fio a fio. E você deve seguir cada história até o centro, porque o centro é o final. Cada pessoa é um fio da história.”
Conheci as obras do Neil Gaiman primeiramente pelas HQs (mais precisamente "Sandman") e depois decidi ir para os livros. Descobri que Neil Gaiman é um abusador da imaginação quando comecei por Deuses Americanos (quem sabe um dia eu tenho coragem e faço resenha dele), mas acho que a melhor opção para começar é Os Filhos de Anansi, que é algo que já te prepara para os próximos livros dele mostrando a magia, as descrições, a fantasia moderna e o poder da música.
“Essa história começa, assim como a maioria das coisas, com uma música. Afinal de contas, no começo havia as palavras, e elas vinham acompanhadas de uma melodia. Foi assim que o mundo foi feito, que o vazio foi dividido e que a terra, as estrelas, os sonhos, os pequenos deuses e os animais vieram ao mundo. Eles foram cantados.”

Nas primeiras páginas conhecemos Charles Nancy, um homem inseguro, reservado e o mais discreto possível, também conhecido como Fat Charlie ("Charlie gordo" em tradução livre) apelido dado por seu próprio pai; Sr. Nancy um velhinho de chapéu fedora verde e luvas de cor limão, simpático, alegre, mulherengo e sacana que adora pegadinhas; e Rosie a noiva de Fat Charlie.
Notamos, no começo do livro, que Charles tem uma relação conturbada com seu pai, já que o mesmo vivia pregando peças nele quando era criança.
O livro é cheio de misticismo, magia africana e caribenha, mostra o poder das músicas e das palavras. A História se inicia com Charles recebendo a notícia da morte de seu pai e depois desse acontecimento, Charles, é mergulhado forçadamente nesse mundo místico da cultura africana.
A História mostra bem como em certos momentos nossos pais nos envergonham, e todo mundo que já passou vergonha por causa de qualquer parente vai sentir a agonia de Charles em vários momentos do livro.
“Depois de crescer, as dúvidas infantis se solidificaram em uma certeza sólida de que a Vida, do nascimento ao túmulo, era tudo o que havia, e todo o resto era imaginação. Tinha sido uma coisa boa de acreditar, pois lhe permitira lidar com a dor da vida...”

Esse foi um livro um tanto difícil de resenhar, já que para quem pretende ler existem algumas surpresas no começo do livro que eu não gostaria de estragar numerando-as. É uma história bem humorada e bem construída, e uma coisa que o Neil Gaiman faz que é genial nos livros dele é: pegar uma pessoa comum e expor a loucura que é a fantasia.
Os Filhos de Anansi é um excelente livro para quem quer começar a literatura do Neil Gaiman e se acostumar com os abusos que ele faz com a sua imaginação.
"Coisas impossíveis acontecem. E quando acontecem, a maioria das pessoas apenas lida com elas. No dia de hoje, como em todos os dias, cerca de cinco mil pessoas na face da Terra vão experimentar coisas que acontecem uma vez em um milhão, e nenhuma delas vai recusar a acreditar nas provas que seus sentidos lhe oferecem. A maioria vai dizer, em sua própria língua, o equivalente a: Que mundo estranho, não é? E depois vai seguir em frente."

Nota :: 

História do Clube

Conheça a primeira resenha do Vini aqui no Clube!
Clique e leia Guerra do Velho ― John Scalzi

Informações Técnicas do livro

Os Filhos de Anansi
Ano: 2015
Páginas: 328
Editora: Intrínseca
Sinopse (Skoob): 
Charlie Nancy tem uma vida pacata e um emprego entediante em Londres. A pedido da noiva, ele concorda em convidar o pai para seu casamento e fazer uma tentativa de reaproximação, já que há vinte anos os dois não se falam. Enquanto isso, no palco de um karaokê na Flórida, o pai de Charlie tem um ataque cardíaco fulminante. A viagem de Charlie até os Estados Unidos para o funeral acaba se tornando a jornada de uma nova vida. Charlie não tinha ideia de que o pai era um deus. Menos ainda de que ele próprio tinha um irmão. Agora sua vida vai ficar mais interessante... e bem mais perigosa. Embrenhando-se no território de lendas e deuses pagãos, a poderosa narrativa de Neil Gaiman leva o leitor a mergulhar nessa história fantástica e bem-humorada sobre relações familiares, profecias terríveis, divindades vingativas e aves muito malignas.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

22 comentários:

  1. Olá!
    Neil Gaiman tem umas histórias fascinantes, ainda não li esse livro e super me interessei.
    Te entendo no fato de algumas resenhas serem mais difíceis de escrever, mas você conseguiu e adorei a forma com que descreveu a história. Espero ter logo a oportunidade para fazer a leitura deste livro.

    Beijo, beijos
    relicariodehistoriasma.bligspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda ao Clube do Farol! Essa história é realmente incrivel, pode procurar que ela é excelente e bem humorada.

      Excluir
  2. Resenhar alguns livros pode ser bem difícil, ainda mas se o colocamos em um pedestal, parece quase um pecado falar sobre ele sem ter essa habilidade. Me sinto assim, algumas vezes. Gostei muito dessa resenha e Neil Gaiman é realmente um escritor que desejo ler, mas ainda me sinto um pouco insegura em realizar leitura de seus livros. Você aconselharia começar por este?

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda ao Clube do Farol!, Então Carol, essa é para você ja se acostumar com a loucura das descrições dele, depois vc poderia ler "Lugar nenhum" (que vai ter resenha(Spoiler?)) e então vc ja estaria solta no universo skfkskddksk.

      Excluir
  3. A postagem ficou linda e o texto muito bem escrito apesar da difuculdade!
    Nunca li Neil Gaiman mas tenho vontade.
    Acho que vou começar por esse...
    Obrigada pela dica!

    Partes da Literatura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda ao Clube do Farol! É bom vc começar por ele pq, ele tem uma história mais suave quanto a magia

      Excluir
  4. Adoro livros que prendem o leitor tanto a ponto de ser difícil de resenhar, gosto muito quando os autores conseguem interlaçar as historias sem deixar nenhuma ponta solta..
    espero poder ler em breve..
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda ao Clube do Farol! Todos os livros do Gaiman que eu li são assim, e o melhor é a viagem que ele te obriga a fazer, da até vontade de parar em alguns trexos para sempre.

      Excluir
  5. Olá, adorei sua resenha! Essa edição está tão linda! Ainda não li nenhum dos livro do Neil Gaiman, mas comprei Deuses Americanos e Lugar Nenhum. Sou fanática por fantasia e histórias como as dele, tenho certeza que amarei!
    Você me deixou com vontade de pegar um dos livros e começar agora mesmo rss...
    Parabéns e obrigada pelo texto!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda ao Clube do Farol! Obrigado e sou eu que agradeço a você por ter lido. Só um aviso para quando você começar, não espere grendes batalhas, as vezes as soluções estão onde menos se espera.

      Excluir
  6. Olá, tudo bom?
    Gostei da sua resenha e também do fato de você colocar algumas frases no meio dela. As vezes, são elas que nos chamam atenção para tal leitura, não é? Nunca li nada desse autor, quem sabe um dia? Parabéns pela resenha, beijos!
    Siga meu blog: https://amoraprimeiraleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda ao Clube do Farol! Todos ficamos muito felizes que você tenha gostado do post, creditos para: Danii e Elis ♡

      Excluir
  7. Adorei a resenha e concordo com você a respeito de falar daqueles livros que tanto adoramos, é sempre mais difícil.. Rsrs
    Adorei a escrita do Neil Gaiman, apesar te ter lido somente uma obra.
    Parabéns pelo post! Grande abraço!! ❤
    www.lendo1bomlivro.com.br;

    Instagram :) @lendo1bomlivro;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda ao Clube do Farol! O pior é quando você tenta convencer um amigo a ler e não sabe o que falar porque quer que ele tenha a mesma surpresa que você skfmsnfnd.

      Excluir
  8. Olá!
    Amo fantasias! Esse livro eu não conhecia e sua resenha me deixou muito curiosa, apesar da dificuldade você escreveu e detalhou super bem. É notável o quanto o autor é criativo na imaginação.

    Amei!
    Beijos,
    Ler Antes De Dormir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda ao Clube do Farol! Tomara que quando ler, você goste tanto quanto eu. O melhor é quando ele usa a magia, contrato ou até maldição, elas são descritas de uma forma simples mas ao mesmo tempo agoniante kdkhjakcj

      Excluir
  9. Nunca tinha ouvido falar desse livro. Parece-me dificultoso resenha-lo mesmo (risos) mas você conseguiu. Uma historia bacana, quem sabe um dia não leio, não é mesmos.

    Beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vindo ao Clube do Farol! A História é muito boa e bem humorada, excelente se quiser começar a ler os livros do Gaiman

      Excluir
  10. Aodrei a resenha. Nunca li nada do Gaiman, mas tenho muito vontade. Não sei o que acontece, mas eu sempre quero comprar um livro dele e na hora acabo desistindo. Quero muito ler Sadman.
    Abraço, Raíssa
    http://umlivroeso.blogspot.com.br/
    https://www.youtube.com/channel/UCqHjLsHMeYOeSAso9F1FUiQ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda ao Clube do Farol! Somos dois Raíssa, sempre é alguem que me compra o livro do Gaiman e eu AMO Sandman, apesar de nunca ter terminado kcjdjffjs

      Excluir
  11. Estou aqui agoniada pela capa. E sério se soubesse como me sinto em relação a aranhas entenderia a aflição que essa imagem me dá. Parabéns pela ótima resenha, mas Gaiman ainda não faz parte de meu mundo de leitora, e definitivamente não vou começar com um livro com essa capa. Bjs ~ Elis Finco
    Blog Pretenses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda ao Clube do Farol! Kegjdkwfjshdja eu te entendo, também não tenho um apreço muito grande por aranhas, mas foi um sacrificio necessário.
      Quando eu era mais novo eu não entendia nada do que lia dele, mas depois me apaixonei por fantasia e não teve jeito, me ganhou fácil akxjsjxjs.

      Excluir

Obrigado por seu comentário!! Bem-vindo(a) ao Clube do Farol!